A fuga de alunos antes do último ano para preencher vagas em alta demanda

0
380

Recentemente na Nova Zelândia foi constatado que muitos alunos estão abandonando as escolas no início do penúltimo ano para aprenderem a trabalhar como construtores, eletricistas e encanadores se inscrevendo para estágios não remunerados.

Dados do Ministério da Educação mostram que o número de novos aprendizes menores de 18 anos saltou de 460 no semestre de agosto de 2019 para 810 no mesmo período de 2020.

Informações da comissão de educação terciária para matrículas de estudos em ensino superior e vocaciional mostra um aumento de 17,6% de dezembro de 2019 a Dezembro de 2020. O número total de alunos inscritos passou de 45.155 em 2019 para 57.035 em 2020.

Esse aumento é um passo na direção certa, de acordo com os institutos de treinamento BCITO e The Skills Organization,  a demanda por trabalhadores nestas áreas é muito alta e uma escassez de pessoas habilitadas é esperada nos próximos anos.

A Burnside High School, em christchurch registrou um salto no número de alunos no décimo terceiro ano em busca de aprendizagem de novas habilidades nas áreas mencionadas acima.

O Diretor Phill Holstein disse que oito alunos que Terminaram a escola passaram a fazer estágio em construção ou elétrica e seis estudaram construção civil na Ara Institute of Canterbury.

Foi registrado também um aumento no número de alunos do 12º ano que deixaram a escola para se dedicar ao mercado de trabalho em 2020.

10 alunos abandonaram a escola diretamente para o trabalho pois conseguiram emprego, dois ingressaram na aprendizagem e estão em treinamento e 8 abandonaram a escola para estudar construção civil no ara institute.

Há cinco anos atrás quando um aluno deixava a escola para se tornar um aprendiz em uma determinada área profissional ele era considerado um desistente, atualmente eles são considerados muito importantes para o futuro do país.

Luis Renato
Este é um portal de notícias relevantes e importantes sobre a Nova Zelândia para todos que pretendem viajar para estudar, morar ou trabalhar neste maravilhoso País. Possuo contatos em Auckland que podem fazer a diferença em muitos casos, por isso, se você quiser viajar com mais segurança, entre em contato comigo.